O Projeto – Ensino Médio

JUSTIFICATIVA:

Sem dúvida nenhuma, falar dos caminhos trilhados pela humanidade torna-se um incrível desafio em função dos inúmeros acontecimentos históricos vividos ao longo do tempo, desde a origem do mundo e do ser humano até os dias de hoje. Momentos determinantes que marcaram a história da humanidade e que contribuíram, significativamente, para a evolução do mundo em todas as esferas. No entanto, é importante dar maior enfoque aos passos do ser humano no século XX e XXI, período vivido e construído pelos protagonistas deste projeto.

Falar dos séculos XX e XXI é apresentar um período considerado, por muitos, como uma era de incertezas e de incríveis descobertas. Durante estes séculos, ocorreram eventos especialmente trágicos, nos quais a irracionalidade alcançou dimensões gigantescas: as duas grandes guerras mundiais com sua onda de destruição, a barbárie nazista que assombrou o mundo por sua imensa crueldade, a Guerra Fria entre os Estados Unidos e União Soviética que polarizou grande parte do planeta, os conflitos étnicos e religiosos que vem exterminando milhares de pessoas em todo o mundo, as profundas disparidades entre pobreza e riqueza que agravam, frequentemente, a má distribuição de renda, etc. Mas também houve um salto vertiginoso no campo da tecnologia, dando início a uma era de realizações grandiosas para o ser humano: telescópios hiperpotentes exploraram os confins do universo, naves espaciais iniciaram a conquista do cosmo, a engenharia genética registrou avanços antes restritos aos livros de ficção, a tecnologia da informação e diversos novos aparatos chegaram à vida cotidiana de milhões de usuários em todo o mundo. Ao passo que o avanço tecnológico trazia cada vez mais benefícios no campo econômico e social, trazia, também, uma corrida armamentista, a ameaça de destruição atômica e a degradação ambiental, contribuindo pouco para a diminuição das desigualdades sociais no planeta.

Enquanto grandes intelectuais olham para os séculos XX e XXI como uma época inédita pela vastidão dos dramas humanos, massacres e guerras, outros levam em conta a ocorrência não apenas do grande desenvolvimento tecnocientífico, mas também de importantes conquistas sociais, como, por exemplo, a progressiva emancipação feminina.

Na contemporaneidade, os textos que circulavam nos livros, revistas e jornais se integraram às imagens e aos sons, primeiro pelo cinema e pela televisão, depois por todos os canais que as recentes descobertas tecnológicas tornaram disponíveis no campo da automação, robótica e microeletrônica.

Estamos vivendo a era da sociedade da informação e do conhecimento, que tem transformado de maneira radical todos os setores de nossas vidas. A influência da mídia e da informática acelerou o processo de globalização, a partir de uma rede de comunicação que nos coloca em contato com qualquer pessoa ou grupo em todos os lugares do planeta. Foi possível, nas últimas décadas, acompanhar a rapidez de comunicação que representaram o rádio, o telégrafo e a televisão, em comparação com os computadores pessoais, que hoje são janelas para o mundo. Possibilitam troca de arquivos, acesso a bancos de dados internacionais, divulgação de pesquisas, correio eletrônico e discussão em tempo real de temas os mais variados. Aparelhos eletrônicos cada vez menores não cessam de ser inventados, desde celulares com inúmeros recursos além da função original, até as mais novas invenções que surgem a cada momento e nos surpreendem por suas múltiplas possibilidades.

As grandes transformações da década de 50 para cá criaram, entre outras inovações, uma nova estrutura social dominante: a sociedade em rede, ou seja, um conjunto de nós interconectados que podem ser dos mais variados tipos, desde redes de fluxos financeiros globais e de produção, de sistemas de comunicação ou transporte, de estúdios de entretenimento até a distribuição de drogas, de gangues de rua, de tráfico de pessoas e tantas outras.

Consequentemente, todo esse caminho que a humanidade vem trilhando nas últimas décadas também se reflete nos nossos valores e crenças, a uma velocidade que não se compara a nenhuma outra época. O grande desafio dos novos tempos é ser capaz de selecionar a informação e refletir sobre seu significado de modo a não comprometer o caminho que ainda está por vir.

A humanidade caminha em meio ao incrível desenvolvimento no campo político, econômico, social, artístico, cultural e religioso, mas também seus passos estão permeados por terríveis conflitos e problemas contemporâneos das mais diversas naturezas e pela busca da paz mundial.

Nesse incrível filme que nos mostra como a humanidade tem firmado, ou não, seus passos na construção de sua história, o Projeto “Assim caminha a humanidade!”, desenvolvido pela Comunidade Educativa do Colégio Nossa Senhora de Fátima – Sacramentinas, nos convida a um olhar especial, diferenciado e profundo sobre os momentos históricos vivenciados pela humanidade, observando seus aspectos mais marcantes, através de um trabalho dinâmico e participativo.

Vale ressaltar que a realização deste projeto vem marcar, também, a comemoração dos 60 anos de fundação do Colégio Nossa Senhora de Fátima na cidade de Vitória da Conquista. Neste ano jubilar, este projeto torna-se um convite à reflexão e valorização da continuidade dessa história nos dias de hoje por cada um que, pelo compromisso com o aprender, deve promover uma formação humana e cristã voltada para a prática de valores éticos, morais e religiosos, a fim de cooperar, significativamente, para a construção de uma sociedade e de uma história mais justa e fraterna. Sem dúvida, este projeto inserido neste acontecimento historicamente importante, não só contribuirá para a expansão da missão da Congregação das Religiosas do Santíssimo Sacramento na cidade de Vitória da Conquista, mas para o desenvolvimento de uma ação educativa voltada para a pedagogia dos valores que atravessou tempo e espaço e vem realizando um trabalho educativo permeado pelo amor e formação para a vida. É assim que a humanidade deve caminhar…

 

OBJETIVO GERAL:

Promover uma formação humana e cristã voltada para a prática de valores éticos, morais e religiosos abordando temas como: Geopolítica, Tecnologia, História, Artes, Ciências, O papel da mulher, Literatura, Moda, Cinema e Música sob uma perspectiva de construção de uma sociedade e de uma história mais justa e fraterna.

TEMAS:

  • Geopolítica
  • Tecnologia
  • História
  • Artes
  • Ciências
  • O papel da mulher
  • Literatura
  • Moda
  • Cinema
  • Música

 

SUBDIVISÃO:

 

                        TURMAS        RESPONSÁVEIS TEMAS
1ª SÉRIE – A Fernanda, Salete e Rodrigo Moda
1ª SÉRIE – B Cida e Heber Cinema
1ª SÉRIE – C Dilson, Allyne e Abel Literatura
1ª SÉRIE – D Alexandre, Charles e Marcelo Tecnologia
1ª SÉRIE – E Larissa e Sandra Marjorie Música
2ª SÉRIE – A Madson, Murilo e César Ciências
2ª SÉRIE – B Maicon, Andréia e Leonardo O papel da mulher
2ª SÉRIE – C Neto, Silvia e Alfredo Geopolítica
2ª SÉRIE – D Silvestre, Juliano e Shell Artes
2ª SÉRIE – E Kézia, Harada e Luís História

 

ATIVIDADES:

ATIVIDADES DATA VALOR
DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL DURANTE TODO O PROJETO 800 PONTOS
CUMPRIMENTO DOS MANDAMENTOS DURANTE TODO O PROJETO 200 PONTOS
CENA VIVA DIVULGAÇÃO-12/05

APRESENTAÇÃO – 25/05

100 PONTOS
FÓRUM  DE CONHECIMENTO – PARTE 01 DIVULGAÇÃO- 24/05

APRESENTAÇÃO – 14/06

100 PONTOS
AÇÃO SOCIAL SORTEIO –   11/05

ENTREGA – 26/07

200 PONTOS
CRIAÇÃO DE UM BLOG (junto ao NTS – PARA DOCUMENTAR OS PASSOS DO GRUPO E EXPOR CONTEÚDOS DO TEMA) CRIAÇÃO – 20/05 – NO NTS 200 PONTOS
VI PRÊMIO GLÁUBER ROCHA PRODUÇÃO DO FILME:

18/05 A 10/07

ENTREGA DO FILME: 11/07 ATÉ AS 9H

PREMIAÇÃO: 22/07– 19H30MIN

300 PONTOS
MOMENTO REFLEXÃO DIVULGAÇÃO- 13/05 100 PONTOS
GINCANA DO CONHECIMENTO 16/07 200 PONTOS
FÓRUM DE CONHECIMENTO – PARTE 02 19/07 200 PONTOS
LIGA TABELA A SER DIVULGADA 100 PONTOS
ESPETÁCULO 29/07 300 PONTOS
DESAFIO ON-LINE 01/08 200 PONTOS

 

AVALIAÇÃO

Os alunos serão avaliados levando em consideração os seguintes critérios:

  1. Indicadores Qualitativos de: Participação, respeito, envolvimento, responsabilidade, comportamento, interesse, relacionamento, nível de atenção, pontualidade, entre outros observados no decorrer do projeto;
  2. Desenvolvimento do senso crítico e consciência e da capacidade de compreensão e abstração;
  3. Conteúdo;
  4. Desenvolvimento de competências cognitivas no domínio das linguagens e da capacidade de expressão escrita e oral, bem como de construção e representação, através das atividades desenvolvidas em sala de aula e extra-classe;
  5. Autonomia de julgamento, descrição, análise e explicação dos diversos fenômenos estudados;
  6. Capacidade de pesquisa e observação;
  7. Avaliação quantitativa (conjunto de critérios e valores pré-estabelecidos pela Direção, Coordenação e Corpo Docente) – em todas disciplinas.